Cerimonia do corte da Corda de Lilith

Cerimonia do corte da Corda de Lilith

Cerimonia do corte da Corda de Lilith

 

Rituais Wicca envolvendo Lilith são escassos apesar de ninguém negar sua existência. Uma rara está no livro “O Oráculo da Deusa” de Amy Sophia Marashinsky. No tarô de Marashinsky, Lilith ocupa a carta do «poder». Isso porque «Lilith aparece para dizer que você precisa reassumir o seu poder. (…) Lilith diz que, agora, para você, o caminho da totalidade está em reconhecer que não está ligada ao seu poder e, então, em segundo lugar, submeter-se e aceitar esse poder.»

Para obter esse resultado, é proposto o seguinte ritual:

«Você pode fazer este ritual a qualquer momento. Trabalhar com o ciclo lunar aumentará o seu poder. Uma boa hora para cortar as cordas é na Lua nova. A época certa para colocá-las é o dia seguinte ao da Lua cheia. Você pode usá-las até a Lua nova ou mantê-las por um período maior ou menor – o que achar melhor.

Você precisará de corda, fio barbante ou o que lhe parecer mais apropriado. Deve ser firme o suficiente para você usar pelo tempo que for preciso. Você também precisará de uma tesoura, de uma faca, de um turíbulo, de um caldeirão ou de um fogão a lenha. O ritual pode ser feito a sós ou com outras pessoas.

Preparação:

Escolha até três situações em que não estava ligada ao seu poder. Talvez você tenha ficado com medo de utilizá-lo, ou pode ser que suas crenças a impeçam de expressá-lo. Em seguida, escolha uma data para colocar as cordas. Pode ser agora mesmo, ou talvez você prefira alinhar-se com os ciclos da Lua. Quando se decidir quanto à data, juntev todas as coisas listadas acima.

Cerimônia:

Você pode traçar um círculo ou fazer o que lhe parecer mais adequado. Quando estiver pronta, pegue a sua corda e corte-a no comprimento desejado, que deve ser determinado pelo lugar do corpo em que você pretende amarrá-la; por exemplo, nos tornozelos, nos pulsos, na garganta ou na cintura. O local escolhido será determinado pelo que o cordão representar. Se quiser transformar o que a impede de caminhar em todo o seu poder, você pode amarrar a corda em volta dos tornozelos. Se tiver problemas para dizer a sua verdade, talvez deva amarrá-la na garganta. Se tem medo de que a sua sexualidade a impeça de manifestar o seu poder, talvez seja conveniente amarrar a corda mais embaixo, ao redor dos quadris. Faça o que lhe parecer mais certo. Enquanto estiver amarrando a corda junto à sua pele, afirme o significado dela.

Por exemplo:

“Esta corda simboliza o meu desejo de estar em meu poder ao deparar a minha própria verdade.” Quando terminar, passe à corda seguinte: Você pode optar por trabalhar com apenas uma corda por vez ou com três. Lembre-se de dar atenção a todas as cordas. Durante os dias que separam a colocação e o corte das cordas, você precisará concentrar-se em cada corda e no que ela representa, olhando-a ou sentindo-a junto à pele.

No dia ou noite que você escolheu para cortar as cordas, pegue o queimador de incenso, o caldeirão ou fogão a lenha, fósforos e uma faca ou tesoura.

Agora trace um círculo ou faça o que lhe parecer mais adequado. Quando estiver pronta, acenda o que estiver usando. Você deseja dançar e tocar selvagemente o tambor, gritar o significado das cordas e retomar o poder ao cortá-las? Ou prefere ficar sentada em silêncio, confirmar o significado das cordas e seu desejo de retomar o poder, cortando-as em seguida? Faça o que for melhor para você. Talvez queira cortar cada corda de forma diferente. Corte a primeira corda, passe à seguinte, até que todas as cordas estejam cortadas. Agora pegue-as e coloque-as no turíbulo, caldeirão ou no fogão a lenha e observe-as enquanto queimam. Sinta um fluxo de poder enquanto observa cada corda transformando-se em fumaça.

Se quiser dançar, deixe que a dança simbolize a sua intenção de reconquistar o poder e tudo o que a corda significa para você. Quando terminar, corte as cordas e jogue-as no fogo.

Se estiver fazendo este ritual em grupo, o grupo pode tocar tambor ou uma música. Cada membro terá sua vez no centro do círculo para dançar suas cordas. Quando a dança terminar, a própria pessoa pode cortar as cordas ou designar outra pessoa para cortá-las. Então ela atira as cordas ao fogo, e quando tiverem queimado é a vez da próxima pessoa, até todas terem dançado, cortado e queimado suas cordas.

 

Respire fundo e sinta sua nova noção de poder. Se você traçou um círculo, libere o que foi chamado para fazer parte dele com gratidão. Agradeça a Lilith por lhe apontar o caminho para o seu próprio poder.»

(Visited 1.229 times, 1 visits today)
Partilhe, recomende e vote neste artigo
Artigos relacionados