A Lenda de Nossa Senhora dos Remédios

Nossa-Senhora dos remedios

oraçoes

Orações a Nossa Senhora

Orações a Nossa Senhora dos remédios

 

A Lenda de Nossa Senhora dos Remédios

.

Parece que, pelo século VII, invadido pelos sarracenos o território do actual Concelho, os cristãos, receosos que uma imagem da Virgem, muito venerada, fosse profanada pelos infiéis, a procuraram esconder numa gruta cavada nos rochedos das imediações do Cabo Carvoeiro. E aí ficou a imagem, a coberto de assaltos e sacrilégios.
Entretanto, pelos fins do século XII e durante o reinado de D. Afonso Henriques, um criminoso, fugido à justiça, procurou refúgio nas cavernas da costa ocidental da Ilha, posto que era a única salvação para a sua liberdade ameaçada. Por um acaso providencial, foi esse criminoso acolher-se à mesma gruta onde, quinhentos anos antes, a imagem da Virgem havia sido escondida. Maravilhado com a sua descoberta, não se atreveu, todavia, a dar parte dela no povoado, aguardando que alguém se aproximasse; mas não se conteve que a não revelasse a um grupo de crianças que, ali perto, se entretinha a brincar nos rochedos.
As crianças, surpreendidas, correram a dar a notícia a seus pais e, em breve, toda a gente da povoação se achegava a admirar o achado precioso.
Com receio de que, ali tão perto do mar, não ficasse a imagem resguardada de assaltos e profanações, resolveram os habitantes da terra levá-la para a igreja de S. Vicente, em Peniche de Cima; porém, de todas as vezes que o tentaram, a imagem desaparecia misteriosameste do templo, tornando a aparecer na mesma gruta onde fora encontrada. Certos de que isso correspondia à vontade da Senhora, ergueram no local uma capelinha, começando por cavar a golpes de picão o nicho onde a Virgem aparecera, justamente aquela que ocupa a reentrância do lado esquerdo do corpo da actual capela de Nossa Senhora dos Remédios.
Consta que, antigamente, sempre que vestiam quaisquer trajes ou mantos à imagem, estes eram encontrados depois caídos a seus pés, como se a Virgem se contentasse apenas com os trajos esculpidos na própria figura. E diz ainda o povo que, numa cruz natural existente à entrada da capela, do lado direito, sempre que acontecia dar-se alguma graça por intercessão da Senhora, apareciam, sobre cada um dos orifícios dos cravos, três gotas de água puríssima, como pérolas brilhantes…

Fonte BiblioCALADO, Mariano Peniche na História e na Lenda Peniche, Edição do Autor, 1991 , p.412

 

vela-2 Altar Virtual a Nossa Senhora

.

Portal a&e Voltar ao tema:Orações a Nossa Senhora dos RemédiosOrações a Nossa Senhora (todas)| Orações ao Imaculado coração de Maria | Orações a Nossa Senhora Aparecida | Orações a Nossa Senhora das Graças | Orações a Nossa Senhora Desatadora dos Nós | Orações a Nossa Senhora do Carmo |

Orações aos Anjos | Orações contra feitiços e bruxariasBenzedurasOrações para Amor | Orações a São Cipriano | Orações a Santo Antonio Orações (todas)

MaisMezinhas| BelezaBanhos mágicos |  Poções Mágicas | Afrodite|Anjos |  Simpatias, magias & feitiços rápidos |Magia das FadasHoroscoposEncantamentos |

Simpatias Amor | Amarrações | Simpatias ciganas | Wicca |Simpatias & magias egípcias |  Amuletos & Talismãs|Simpatias a IemanjáSimpatias Dinheiro & ProsperidadeSimpatias angelicais | Simpatias a Sto AntonioSimpatias para engravidar |Feng Shui | Simpatias para o Lar |

(Visited 352 times, 1 visits today)
Partilhe, recomende e vote neste artigo
Artigos relacionados