Outubro o mês das Bruxas

bruxas
Outubro o mês das Bruxas
 

Outubro o mês das Bruxas

Costuma-se dizer que outubro é o mês das bruxas porque é nesse mês que acontece uma das mais importantes celebrações da bruxaria, o Sabá de Sahmain. Esse Sabá, também conhecido como Festa dos Mortos, Festa Ancestral ou Halloween, é considerado a noite mais mágica do ano, onde ocorre uma troca de energias entre o mundo visível e invisível.

Isso tudo começou há muito tempo atrás, em um lugar onde hoje é a Grã-Bretanha e o norte da França. Naquele tempo, o povo celta que vivia nesta região celebrava o início do ano no primeiro dia do inverno (1º de novembro no hemisfério norte), que era a estação da morte para eles. Neste dia era realizado um festival que indicava o fim da “Estação do Sol” e o começo da “Estação Fria e Escura”.

Era o momento de comunicar-se com os espíritos dos ancestrais e dos familiares falecidos. Segundo a lenda, todos aqueles que haviam morrido durante o ano esperavam o dia de Samhain para atravessar as fronteiras do Além. Para guiá-los nesse caminho e afastar os maus espíritos, eram acesas nas colinas fogueiras, tochas, velas e lanternas de abóbora. Também era costume, para homenagear e agradar os antepassados, ofertar-lhes guloseimas, como o Bolo das Almas.

Sendo esse Sabá uma das principais celebrações pagãs, muito arraigada na cultura do povo, a Igreja passou a comemorar o Dia de Todos os Santos no dia 1º de novembro, que em inglês, é Hallow’s Day. Portanto, no dia 31 de outubro comemora-se o Halloween (Hallow’s Eve – véspera do Dia de Todos os Santos).

A noite do dia 31 de outubro é propícia para consultar oráculos e ter visões, realizar feitiços e colocar em infusão as ervas que serão usadas em poções. No altar deve-se ter maçãs (que simbolizam o renascimento), um caldeirão com água (que representa o grande ventre da vida) e algumas velas acesas, de preferência nas cores preta e laranja.

De acordo com a tradição celta, tudo o que pedir com fé, nesta noite, poderá se realizar. Eles tinham como costume realizar certos rituais como acender uma vela laranja à meia-noite para atrair sorte, realizar a queima de pedidos e confeccionar a “Corda de Bruxa”.

A queima de pedidos é feita da seguinte maneira: escreva num papel tudo que quer afastar de sua vida e noutro papel tudo o que quer atrair, escrevendo no final a frase “Que seja para o bem de todos os envolvidos”.

Em seu altar coloque seu caldeirão e na sua direita uma vela laranja e na esquerda um vela preta. Acenda o primeiro papel na chama da vela preta e jogue-o no seu caldeirão para queimar. Enquanto queima mentalize que todo o mal está sendo afastado. Espere o fogo acabar e pegue o segundo papel, acendendo na chama da vela laranja. Jogue no caldeirão junto com folhas de louro. Mentalize as coisas boas que quer atrair para si.

Já a Corda de Bruxa é confeccionada com três barbantes nas cores que representam o seus desejos. Corte os barbantes no tamanho de sua altura e faça uma trança com eles, sempre mentalizando aquilo que você quer atrair para sua vida. Quando terminar de trançar, costure ou cole alguns adereços que simbolizam aquilo que quer, como por exemplo, um coração simbolizando amor, um pentagrama para proteção, moedas para prosperidade.

Consagre essa corda durante a cerimônia do Samhain e pendure num lugar onde possa estar sempre visualizando, pois assim seus objetivos se manterão ativados.

As cores são: branca para harmonia; vermelha para vencer obstáculos e atrair coragem e determinação; laranja para sucesso e prosperidade; rosa para atrair o amor; azul para ativar o intelecto; preto para proteção; verde para abundância e amarela para atrair saúde e ter sorte nos negócios. .

Fonte: Marina Guadalupe Beims, Autora do livro: Wicca e outras tradições

(Visited 1.279 times, 1 visits today)
Partilhe, recomende e vote neste artigo
Artigos relacionados