Óleos Essenciais e Suas Funções

Portal a&eÓleos Essenciais e Suas Funções

 

Alecrim:
Estimulante, fortificante, refrescante, digestivo, anti-séptico, diurético, analgésico e aumenta a pressão arterial. Atua positivamente em casos de esgotamento e fraqueza mental, preguiça e desânimo.
Amêndoa:
Utilizado para magias amorosas e restabelecimento da saúde física e mental.
Benjoim:
Esse óleo essencial é derivado de uma planta do sudeste da Ásia Aquece, relaxa, é expectorante, anti-séptico, antiespasmódico e diurético, além de atuar positivamente em casos de esgotamento emocional e tristeza, problemas respiratórios e de pele.
Bergamota:
Estimulante, refrescante, relaxante, antisséptica, antiespasmódica, digestiva, expectorante e analgésica. Também atua positivamente em casos de depressão, medo, estresse etensão pré-menstrual e para combater vírus como o da gripe.
Bétula:
Todos conhecemos a árvore da bétula e a popular cerveja de vidoeiro. Você também pode usar esse óleo essencial para aliviar dores e rigidez musculares.
Calêndula:
Cicatrizante, anti-inflamatória e digestiva. Atua positivamente em casos de ansiedade.

Camomila:
Refrescante, relaxante, digestiva, antiespasmódica, diurética, anti-inflamatória e é satisfatório em casos de depressão, estresse, irritabilidade e ansiedade.
Cânfora:
É refrescante e estimulante. Estimula e aquece o coração e os sistemas respiratório e circulatório, tem ação antisséptica, combate câimbras e atua positivamente em casos de depressão e insônia. Indicado também em resfriados, reumatismos e acne.
Canela:
É um ingrediente culinário comum que também pode ser usado na aromaterapia para reduzir a sonolência e a irritabilidade.
Capim-Limão
É um ingrediente padrão na culinária do sudeste da Ásia, mas também dá seu aroma a algumas marcas de sabonete. Pode ser usado como analgésico.
Cravo-Da-Índia:
É outro tempero que pode ser utilizado em várias receitas. Na aromaterapia, o cravo-da-índia pode ser usado como antisséptico e analgésico.
Cedro:
Essa árvore pode crescer mais de 30 metros de altura, mas seu óleo essencial é usado em quantidades muito pequenas para tratar a congestão. É Antisséptico, diurético, calmante, expectorante. É satisfatório em casos de depressão, angústia, medo e ansiedade. Indicado também como sedativo e relaxante, principalmente em dores musculares e crises de asma e, para bronquite e tosse.
Cipreste:
É uma árvore típica da região mediterrânea. Seu óleo essencial pode ser usado para tratar pressão baixa e problemas circulatórios. É também Relaxante, refrescante, ajuda a estancar o sangue e tem ação antiespasmódica, vasoconstritora e analgésica. Atua em casos de irritabilidade, nervosismo e inquietação.
Erva-Doce:
Acalma e tem ação antisséptica, antiespasmódica, digestiva e diurética.
Eucalipto:
É uma árvore típica da Austrália. Seu óleo essencial pode ser usado para tratar gripe, febre e dor de garganta. É também Descongestionante, depurativo, diurético, expectorante, analgésico, antisséptico, cicatrizante. Também atua em casos de falta de atenção e de concentração, dando mais amplitude mental. Indicado também para edemas e dores musculares e como repelente de pulgas e carrapatos.
Gengibre:
Muitos conhecem o gengibre pelo seu uso em alimentos assados ou receitas asiáticas. Essa planta também pode ser usada para estimular o apetite e aliviar dores de cabeça.
Gerânio:
É uma flor que pode ser encontrada em muitos jardins do país. Refrescante, relaxante, atua como analgésico, adstringente, expectorante, diurético e tonificante. Usado também para infecções virais e também pode ser usada para tratar uma grande variedade de problemas de pele.
Hortelã:
É um dos óleos aromáticos mais usados, tanto em preparos de comestíveis como não comestíveis. Extremamente refrescante, tem ação antisséptica, analgésica, adstringente, antiespasmódica, digestiva e vermífuga.
Jasmim:
Essa bela flor tem sido usada para se fazer de tudo, desde chás até perfumes. Relaxante, calmante e afrodisíaco, tem ação antisséptica, antiespasmódica. Serve para tratar apatia para acalmar os nervos e tratar a depressão e a insônia e pele seca.
Junípero:
Sua fruta é o principal ingrediente do gim. O óleo essencial da fruta do junípero também pode ser usado para massagens no tratamento de artrite, varizes e outras enfermidades.

Lavanda:
Oriunda dolatim “lavare”, se destina à purificação. Tem sido muito usada por séculos em várias religiões e no preparo de cosméticos. Com ação refrescante e relaxante, também é analgésica e anticonvulsiva. Ajuda a organizar os pensamentos, e se for passada nas têmporas alivia dores de cabeça como enxaquecas, sinusite e dores musculares.

Laranja:
Sim, vamos falar da velha e conhecida laranja, fonte de vitamina C. Descubra como o óleo essencial dessa fruta pode ser usado para alterar os humores e baixar a pressão arterial.

Limão:
Eles são usados em todos os tipos de receitas, desde molhos para saladas até limonada. Tem propriedades refrescantes e estimulante. É usado para problemas circulatórios, hipertensão, acne, dor de garganta, tosses e outras infecções.
Melaleuca Ou Tea Tree:

Analgésica, antisséptica, antibacteriana, antiespasmódica, antitérmica, carminativa, estimulante, expectorante, inseticida, tônica. Também pode ser usado para tratar de bactérias, fungos e vírus e estimular o sistema imunológico.
Manjericão:
Estimulante, refrescante, tem ação antisséptica e antidepressiva.
Manjerona:
Aquece e fortifica. Sua ação analgésica e sedativa indica seu uso para relaxamento de juntas rígidas, espasmos musculares e dores de cabeça como enxaquecas e cólicas. Tem também ação digestiva e é usado inclusive no tratamento de equimoses.
Mirra:
Tem sido usada desde a antiguidade como incenso em cerimônias religiosas. É refrescante, tonificante, adstringente e estimulante pulmonar. Também pode ser usado para tratar pele irritada, rachada ou envelhecida.
Néroli:
Não deve ser um nome muito conhecido, mas seu óleo essencial é usado em muitos perfumes e produtos de beleza; melhora a circulação e a saúde da pele.
Olíbano:
A maioria de nós o conhece como incenso. O óleo essencial é usado para tratar infecções e problemas de pele.
Patchuli Ou Vetiver:

Muito associado aos hippies, o óleo de patchuli há muito tempo é usado como perfume. Tem ação relaxante, antidepressiva, afrodisíaca, cicatrizante, desodorante, sedativa e tônica. Também pode ser usado como rejuvenescedor de células e tratamento fungicida. Indicado também para pele seca.
Pimenta Cinza:

Estimulante. Usado em problemas digestivos, resfriados e diarréia.
Pinho:
É uma árvore mais conhecida como a árvore de Natal. O aroma agradável do óleo essencial dessas árvores pode aliviar dores musculares e reumáticas.
Rosa:
O aroma das rosas tem sido celebrado por séculos e é normalmente associado ao romance e a ocasiões especiais. Ele acalma, tem ação antidepressiva, adstringente, afrodisíaca, depurativa e sedativa, além de ser tônico cardíaco, estomacal e hepático. Também pode ser usado para tratar ferimentos, queimaduras e vários outros problemas de pele.
Sálvia Esclaréia:

Dizia-se que esse óleo essencial tratava de várias enfermidades, mas é mais comum para aliviar tensão muscular e nervosa.
Sândalo:
O óleo essencial do sândalo é derivado da árvore com o mesmo nome. Muito usado em rituais de purificação e meditação. Tem efeito relaxante, sendo por isso indicado para ansiedade, medo, repressão ou apatia sexual, e como antidepressivo. Pode ser usado como adstringente, expectorante e sedativo, e, também para tratar infecções e conter inflamações.
Tomilho:
O tomilho é geralmente associado à culinária, mas também possui aplicações aromaterapêuticas; esse óleo essencial pode ser usado para combater infecções.
Ylang Ylang

A planta ylang ylang é originalmente cultivada nas Filipinas, mas logo se tornou conhecida no mundo todo em razão de seu aroma característico e de sua beleza; é usado para relaxar o corpo e a mente.

Fonte:Sabão e Glicerina

 

Portal a&e«« Voltar ao tema: Óleos mágicos

(Visited 871 times, 1 visits today)
Partilhe, recomende e vote neste artigo